Grupo de Apoio ao Prematuro

O Banco de Leite Humano é um centro especializado, responsávelpela promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. Deve estar obrigatoriamente vinculado a um hospital materno-infantil e seguir as regulamentações do Ministério da Saúde e da Rede Nacional de Bancos de Leite Humano – Fio Cruz. O Banco de Leite Humano da EPM/Unifesp esta vinculado ao Centro de Incentivo e Apoio ao Aleitamento Materno – CIAAM, órgão complementar da EPM/Unifesp. A Sede do CIAAM foi inaugurada no dia 12 de dezembro de 2002, localizada à Rua Loefgreen, 2010. As instalações do Banco de Leite Humano propriamente ditas constam de consultório, sala de coleta, de processamento e conservação do leite humano e local de expurgo e limpeza. As atividades de pasteurização tiveram início em 18 de Agosto de 2003, após a capacitação de pessoal e vem acontecendo 2 vezes por semana, conforme a coleta do leite humano cru se intensifica. Em 01 de junho de 2009 começamos a coleta e distribuição do leite cru da própria mãe para o seu recém-nascido. Em março de 2013 foi inaugurada a sala de coleta no 8. Andar do Hospital São Paulo ao lado da UTI Neonatal. Essa sala tem a capacidade de atender as mães, que vem ao hospital visitar seus filhos internados na Unidade Neonatal, no processo de ordenha e funciona de segunda à sexta-feira das 8 às 16hs.

Uma equipe multiprofissional, constituída por médico, enfermeiro, fonoaudiólogo, nutricionista, psicólogo,técnico de enfermagem, técnico de nutrição e escriturário, atua no Banco de Leite Humano. Os funcionários foram habilitados pela Comissão Estadual de Bancos de Leite Humano.

As atividades do Banco de Leite Humano incluem:

Implementar estratégias de incentivo ao aleitamento materno nos diversos setores da instituição.
Atender as nutrizes, internadas ou não, com dificuldades no aleitamento materno.
Oferecer atendimento telefônico às nutrizes nas questões relacionadas a amamentação.
Colaborar e realizar pesquisas científicas relacionadas ao aleitamento materno.
Oferecer treinamento e capacitação em aleitamento materno aos profissionais da área da saúde e afins.
Oferecer cursos em aleitamento materno aos demais segmentos da sociedade.
Por ano são realizados cerca de 2300 atendimentos entre ambulatório de aleitamento materno, icterícia, nutrição, psicologia, fonoaudiologia e ordenha e são pasteurizados ao redor de 150 litros de leite humano